Bruxismo na Infância

bruxismo é uma atividade involuntária, rítmica e espasmódica do sistema mastigatório. Produzida por contrações rítmicas ou tônicas do masseter e de outros músculos da mastigação. O bruxismo é classificado em bruxismo nocturno e diurno e é caracterizado pelo ato de ranger ou apertar os dentes. O bruxismo pode ocorrer de forma consciente, quando se mordem lápis ou dedos, ou inconsciente.

O ranger dos dentes ocorre frequentemente durante o sono, períodos de preocupação, stress e excitação, acompanhado por um ruído notável. Já o apartamento, em geral sem ruídos, é mais comum durante o dia e pode ser considerado mais destrutivo, uma vez que as forças são contínuas e menos toleradas.

Vários factores podem estar associados ao desenvolvimento do bruxismo:

Factores Dentários: Interferências entre os dentes e assimetria facial.

Factores Sistémicos: Respiração Oral, Asma, deficiência nutricionais, e distúrbios neurológicos.

Aspectos Emocionais: mudança de escola; divórcio entre os pais, chegada de um novo irmão e/ou hiperatividade.

Hábitos Alimentares inadequados: onde crianças com recusa alimentar evitam mastigar os alimentos, suprindo essa necessidade rangendo os dentes.

Os sinais e sintomas mais frequentes são os desgastes oclusais e/ou incisais, destruição das estruturas de suporte, hipersensibilidade pular, mobilidade dentária, fartura de cúspides e restaurações, dores e distúrbios nas articulações temporomandibulares (ATM), e por vezes dor de cabeça ao acordar.

Durante a infância, o bruxismo é mais severo nas crianças em idade pré-escolar devido às características estruturais e funcionais dos dentes decíduos, embora também apareça em crianças maiores e na dentição permanente. Em bebés, o bruxismo pode ser observado logo após a erupção dos incisivos decíduos por volta de um ano de idade.

bruxismo não tem tratamento específico, mas as crianças que fazem bruxismo devem ser acompanhadas de forma multidisciplinar que abrange a odontopediatria, a terapia da fala, otorrino e a psicologia.

Medicina Dentária normalmente actua em procedimentos restauradores, tratamento ortodôntico e placas de mordida. Em algumas situações, pode haver a necessidades de um tratamento sistêmico com uso de medicação e tratamento médico, além de aconselhamento

psicológico. O bruxismo pode ser um sinal de alerta para distúrbios respiratórios nas crianças, devem ser despistados e tratados.

bruxismo na infância tem tido uma incidência crescente. A falta de diagnóstico pode acarretar danos severos na cavidade oral e na musculatura facial, entre outras consequências. Vários factores predispõem ao desenvolvimento do bruxismo, tal como os factores psicológicos, a ansiedade e o stress emocional.

O bruxismo é de difícil diagnóstico e o tratamento ideal é a terapia multidisciplinar.

O diagnóstico precoce nas crianças tem como objetivo a prevenção de danos nos componentes do sistema mastigatório, além de propiciar bem-estar e conforto e sono mais reparador.

Voltar